Últimas Notícias

quarta-feira, 13 de abril de 2022

Atlético de Alagoinhas derrota o Jacuipense e conquista pelo segundo ano consecutivo o Campeonato Baiano




                O Atlético de Alagoinhas sagrou-se Bicampeão após derrotar o Jacuipense na tarde/noite de domingo (10/4), no Estádio Valfredão, na cidade de Riachão do Jacuipe. Thiaginho e Paulinho marcaram os gols da partida. A última vez que uma equipe que não fosse Vitória ou Bahia conseguiu dois troféus de forma seguida foi em 1943, quando o Galicia de Salvador conquistou o último de três títulos consecutivos  

                 As duas equipes empataram o jogo de ida realizado no estádio Antônio Carneiro na cidade de Alagoinhas  em 1 a 1. O primeiro gol no jogo de volta aconteceu aos 14 minutos do primeiro tempo. O jogador Miller chutou de fora da área, o goleiro espalmou  para frente e Thiaginho colocou a bola para o fundo da rede. Aos 48 minutos do segundo tempo o Atlético marcou o segundo gol através de Paulinho que pegou o rebote do pênalti defendido pelo goleiro Mota cobrado por Jerry. Com o Bicampeonato, o Atlético de Alagoinhas continua fazendo história. Assegurou vaga na Copa do Nordeste em 2023, na fase de grupos, garantiu presença na Série D do Campeonato Brasileiro de 2023 e da Copa do Brasil do próximo ano além da premiação de R$ 135 mil.

Campeonato Baiano 2022 (final - jogo de volta).

Ficha Técnica:

Jacuipense: Mota, Railan, Renato, Cabral e Evandro (Radar), Kleber, Flávio (Jeferson), Eudair (Newton), Ruan Levine (Henrique), Jean (Isaías) e Robinho.

Técnico: Rodrigo Chagas.


Atlético de Alagoinhas: Fábio Lima, Paulinho, Iran, Bremen e Matheus Leal; Sobral (Jeferson), Lucas, Dionísio, (Emerson) e Miller (Lidio); Jerry e Thiagiinho (Allef).

Técnico: Agnaldo Liz.

Placar: Jacuipense 0 X 2 Atlético de Alagoinhas.

Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)

Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Daniela Coutinho Pinto (BA)

4° árbitro : Josué Reis de Jesus Júnior (BA).

Páginas