Últimas Notícias

sábado, 12 de março de 2022

SINDSMUT ocupa Câmara de Vereadores de Tucano para impedir votação de projeto que enfraquece representação sindical

Depois de se manifestar na mídia, reunir dezenas de manifestantes, e tentar negociação com parlamentares, o SINDSMUT (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Tucano) ocupou o plenário da cidade de Tucano – Bahia, interrompendo a sessão desta quinta-feira dia(10/03). Após o intervalo, vereadores asseguraram que, apesar das tentativas de diálogo, votariam e aprovariam o projeto de lei que limita a dois a quantidade de professores com direito a licença sindical.

O PL-03, enviado pelo prefeito Ricardo Maia Filho para votação em regime de urgência na noite de ontem (quarta-feira, 09/03), enfraquece todas as representações sindicais da cidade, já que até hoje nenhuma outra classe possui o mesmo direito a licença – e hoje tomam parte em entidades de representação voluntariamente, em seu tempo livre.

O SINDSMUT está desde ontem articulando uma mobilização e enviou um ofício à Casa da Cidadania para que a votação fosse adiada. O intuito é que o diálogo seja aberto entre o poder público e classes afetadas, com a proposta de inclusive ceder na limitação do número de professores ante a cessão do direito a outras categorias.

Ante a negativa de diálogo, no entanto, diretores e servidores sindicais ocuparam as cadeiras dos vereadores, interromperam a sessão e agora convocam mais servidores para a ocupação até que Legislativo e Executivo se disponham a negociar.

A Câmara Municipal de Tucano, hoje conta com 14 vereadores de situação e apenas 1 de oposição.

Fonte: SINDSMUT

Páginas