Últimas Notícias

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Coité reverencia padroeira e vive um sonho mágico de Natal

 Foto: Pedro Oliveira


Por Pedro Oliveira

Um final de ano - que vai se alongar até 6 janeiro -, como a Rainha do Sisal nunca viu, encanta aos que visitam a cidade e enche de orgulho a sua população. O Natal Luz, que pela primeira vez é realizado, mediante projeto doprefeito Marcelo Araújo, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal e quedeve se repetir anualmente, proporciona à Coité o maior evento do gênero que se tem notícia no interior baiano. Ao lado disso, decorre a Festa da Imaculada Conceição, padroeira da comunidade.

O projeto do empresário Marcelo Araújo, que estreia na administração pública com aprovação, contempla com belíssima decoração natalina a avenida da Fonte Luminosa, o centro comercial, aspraças do Mercado, da Matriz e da Bíblia, e as ruas Padre Madureira e Duque de Caxias. Uma verdadeira “explosão” de beleza eluzpropiciada por um conjunto de cerca de oito milhões de microlampadas coloridas, conforme o eletricista da empresa Bahia Visual, Renan Brito.

Como se não bastasse, até 6 de janeiro, uma rica programação de música, dança e teatro, incluindo desfiles de Papai Noel e apresentações de orquestras, corais e a Trupe Quatro Nozes. “Venham conhecer um sonho mágico do Natal, o maior festival de ornamentação e decoração do interior da Bahia que nos faz acreditar no futuro” diz satisfeito o prefeito Marcelo Araújo.

Ao mesmo tempo, renovando as esperanças de dias melhores, após os duros momentos da pandemia, que começa a amainar, a população católica se entrega às comemorações da Festa de Nossa Senhora da Conceição que tem como tema: “No Sim da Imaculada a Palavra de Deus habitou entre nós” com novenas todas as noites na Igreja Matriz até o dia 7 de dezembro. No dia 8, data maior, haverá alvorada às 5 horas, Missa Solene às 10 horas, Missa Solene Campal às 17 horas e logo após, Procissão e Benção do S.S. Sacramento, encerrando o evento.

Ainda em relação aos festejos de fim de ano uma empresária do setor calçadista, procurou a reportagem da TB para fazer uma observação. Preferindo preservar a identidade ela apela ao prefeito que determine o uso de mascaras em Coité:“Não queremos que o comércio venha ser fechado novamente, como aconteceu no governo anterior por quatro meses. A cidade vem recebendo muitos visitantes da região e de fora,para conhecer o Natal Encantado. A pandemia continua,o vírus está circulando e tem surgido variantes, todo cuidado é pouco” enfatizou.

Páginas