Últimas Notícias

terça-feira, 7 de setembro de 2021

No início da manhã de terça-feira (7/9), policiais do 16° Batalhão da Polícia Militar de Serrinha, foram acionados para atender uma ocorrência de homicídio na rua Araci no bairro da Cidade Nova na periferia da cidade. O crime ocorreu em via pública, a vítima foi identificada como Thiago Andrade Freitas, de 36 anos. Gato Sêco como era popularmente conhecido, foi atingido por um tiro de espingarda calibre 12,(escopeta), deflagrado por um homem não identificado. O autor do disparo deixou o local tomando rumo ignorado. Não há informações sobre o que teria motivado o homicídio. O corpo foi recolhido e encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Serrinha para ser necropsiado. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso.

 


O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (7) de ato a favor do governo, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Os manifestantes também levavam cartazes em defesa do voto impresso e contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

Bolsonaro ficou no local por cerca de meia hora e discursou em um carro de som, acompanhado de ministros. Ele reafirmou que as autoridades devem agir dentro dos limites da Constituição e fez referência a decisões do STF, onde é alvo em quatro investigações. “Não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica, da região [da Praça] dos Três Poderes, continue barbarizando a nossa população”, disse.

“Ou o chefe desse Poder enquadra o seu ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos. Porque nós valorizamos, reconhecemos e sabemos o valor de cada Poder da República. Nós todos aqui na Praça dos Três Poderes juramos respeitar a nossa Constituição. Quem age fora dela se enquadra ou pede pra sair”, completou.

Bolsonaro disse que amanhã (8) terá reunião com ministros e também com os presidentes da Câmara, Arthur Lira, do Senado, Rodrigo Pacheco, e do STF, Luiz Fux. “Com esta fotografia de vocês [das manifestações de hoje], vou mostrar pra onde nós todos devemos ir”, disse aos apoiadores.

No fim da manhã, o presidente embarcou para São Paulo, onde participa de ato na Avenida Paulista nesta tarde. Após o discurso do presidente, os manifestantes começaram a deixar a Esplanada.

De acordo com a Polícia Militar do DF, uma pessoa foi detida, por portar drogas e quatro celulares. Outro flagrante foi registrado atrás do Ministério da Economia, por porte de drogas e de arma branca. A pessoa assinou Termo de Compromisso e foi liberada. A PM encontra-se com efetivo em toda a área central da capital, monitorando a movimentação dos manifestantes contra o governo e pró-governo. Pela manhã, também houve atos contra o presidente, em Brasília.


Páginas