Últimas Notícias

quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Jandaíra e Rio Real são as únicas das 417 cidades da Bahia que não têm serviços de energia elétrica distribuídos pela Coelba

 Página inicialdestaques

 

Apenas duas das 417 cidades baianas não têm energia elétrica distribuída pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba): Jandaíra e Rio Real. Ambas ficam a cerca de 200 km de Salvador.

As duas cidades baianas, distantes 20 km uma da outra, não estão na área de concessão da empresa por causa de uma definição da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ao todo, a área de atendimento da Coelba tem 563 mil km² e há ainda uma curiosidade: a Coelba é responsável pela distribuição de energia em Delmiro Gouveia, no estado de Alagoas, e Dianápolis, localizada no Tocantins.

De acordo com a Aneel, Jandaíra e Rio Real são atendidas pela Companhia Sul Sergipana de Eletricidade (Sulgipe), que também é responsável pela atendimento de 12 municípios que ficam no sul de Sergipe: Arauá, Boquim, Cristinápolis, Estância, Indiaroba, Itabaianinha, Pedrinhas, Riachão do Dantas, Santa Luzia do Itanhy, Tobias Barreto, Tomar do Geru e Umbaúba.

A Aneel explicou que as duas cidades baianas estão na área de concessão da Sulgipe porque a rede de distribuição da concessionária sergipana é a que se localizava mais próxima dos municípios. Rio Real, por exemplo, fica mais próximo da capital sergipana, Aracaju, (141 km), do que da capital baiana, Salvador (208 km).

 

3ª maior distribuidora do país em nº de clientes

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia é uma empresa do grupo Neoenergia que distribui energia elétrica a mais de seis milhões de unidades consumidoras. Ao todo, ela atende a 15,3 milhões de pessoas.

A Coelba é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia distribuída, de acordo com o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica. No Norte e Nordeste do Brasil, é a distribuidora líder em volume de energia e clientes.

Segundo a distribuidora, 88% dos clientes são residenciais. A energia passa por 337 subestações e mais de 250 mil transformadores e chega ao consumidor através de 277 mil km de linhas de distribuição.

De acordo com a Coelba, cerca de 12,7 mil colaboradores próprios e terceirizados trabalham no serviço.


Confira informações sobre a distribuidora de energia baiana:

 

- A Coelba foi criada em 1960, como uma sociedade de economia mista, controlada pelo estado da Bahia. Na época, a energia elétrica no estado era fornecida pelas prefeituras e algumas companhias, inclusive uma estadual que atendia a Salvador e parte do recôncavo.

- Em 1997, foi privatizada – foi adquirida pelo consórcio liderado pela Neoenergia. Iberdrola e Previ também eram acionistas.

- Em 2015, as ações da Iberdrola foram passadas à Neoenergia.

- Com mais de 800 estabelecimentos credenciados na Bahia, a rede Coelba Serviços oferece várias opções de locais para pagamento da conta de energia elétrica.

- Alguns desses estabelecimentos também prestam atendimento comercial, possibilitando ao cliente solicitar serviços​ à Coelba. Além disso, também arrecadam faturas de água, telefone, boletos e realizam recarga de celular.​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Fonte: g1/ba 

Páginas