Últimas Notícias

domingo, 15 de agosto de 2021

Agricultores de Inhambupe melhoram produção de laranja com investimentos do Governo do Estado

 


Os agricultores ligados à Cooperativa Agropecuária Mista da Região de Alagoinhas (Coopera), localizada no município de Inhambupe, no Território do Litoral Norte e Agreste Baiano, comemoram a chegada de máquinas e equipamentos para ampliar e melhorar a produtividade e qualidade dos frutos produzidos, principalmente da laranja.   

 

São beneficiadas diretamente 40 familias de agricultores familiares de comunidades rurais de Inhambupe, Alagoinhas e Aporá, que produzem anualmente cerca de 1.500 toneladas de laranja. A expectativa é de aumentar a produção para 2.440 toneladas.  

 

O investimento foi realizado por meio do projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, que destinou R$1,4 milhão na aquisição de kit de colheita de citrus, kit para tratos culturais, equipamentos de proteção individual, patrulha mecanizada, roçadeira, trator, veículo para transporte, entre outros.  

 

O presidente da Coopera, Márcio Luis Ramos, destaca que os investimentos vão melhorar a renda dos cooperados: “Com esse apoio na base produtiva, vamos melhorar nossa produção. Teremos máquinas próprias para cuidar dos nossos cultivos e vamos conseguir um preço melhor de venda e já começamos a vender nossa produção em conjunto pela cooperativa, que até então era feita de forma individualizada”.  

 

Para o agricultor Joilton José, os equipamentos serão úteis para todos: “Eu pagava diária para roçar e essa roçadeira, por exemplo, vai facilitar muito meu trabalho. Minha vida agora vai mudar pra melhor”.  

 

Segundo o agricultor Paulo José, o Bahia Produtiva proporcionou o acesso a políticas públicas: “O projeto trouxe para os agricultores a possibilidade de desenvolver seus cultivos dentro das suas propriedades”.  

 

O projeto Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial. Os investimentos realizados para melhorar a produção de Citrus na Coopera foram por meio do edital de fruticultura. A cooperativa também foi selecionada em mais dois editais, no de Alianças Produtivas e no de Bovinocultura, somando um total de R$3,6 milhões.  


Assessoria de Comunicação SDR/CAR

Páginas