Últimas Notícias

quinta-feira, 15 de julho de 2021

Recém construído Colégio Municipal de Queimadas será entregue em breve

 

Apesar de 35,8% da população já terem sido um vacinadas, parte dos professores ainda não receberam a segunda dose


Foto: Romildo de Jesus

Por Pedro Oliveira

Depois de várias ações de reestruturações de unidades educacionais que passaram por adaptações para o início das aulas, o Conselho Municipal de Educação de Queimadas se pronunciou nesta quarta-feira (14), contrário o reinício das atividades presenciais paralisadas desde o ano passado em função da pandemia do coronavírus. Com uma população de 27 mil habitantes, a comunidade registra 31 óbitos, 18 casos ativos, 18 em monitoramento e um transferido. Das 9.666 pessoas que receberam a primeira dose da vacina, desse total, 4.067 foram imunizadas com a segunda aplicação.

 Apesar de 35,8% da população já terem sido um vacinadas, parte dos professores ainda não receberam a segunda dose, o que deverá acontecer até o mês de setembro e com isso, o município não tomou nenhuma posição para o retorno das aulas presenciais. Mesmo tendo grande parte da população contribuindo com as orientações da Secretaria de Saúde, evitando aglomerações, festas e mantendo o uso de mascaras, a doença já tirou a vida de 31 queimadenses.

 “Nós professores da rede municipal de ensino, estamos enfrentando uma série de desafios para conseguir manter as crianças e adolescentes em contexto de aprendizagem durante o isolamento social. A retomada das aulas será ainda maior do que os desafios que encaramos para pensar no ensino remoto” diz o professor Afonso Carvalho Filho.

 Paralelo aos acasos pandêmicos, a educação foi o setor que sofreu mais avanços nos últimos quatros anos e seis meses no governo do prefeito André Andrade, a exemplo das unidades escolares que receberam melhorias em suas estruturas físicas: Colégio Municipal de Queimadas – Analdino Brito e o Centro Cultural Jaime Salgado, recém construídos (a serem entregues) e o Centro de Educação Inclusiva de Queimadas – CEMEIQ que ganhou sala de estimulação neuroeducacional. Já entregues a população estão a Escola Ranusio de Araújo Batista e o Colégio Sonia Maria Silva (entregues); Foram adquiridos também, cinco ônibus novos e quatro carros.

 Passam por reforma o Educandário Manoel Rosa (distrito de Espanta Gado) e as escolas: Antônio Carlos Magalhães (povoado de Lagoa do Mari); São José (povoado de Tanques); Padre Carlos Gabanelli (bairro da Ponte Nova); Hildérico Pinheiro de Oliveira (Largo São José); Maria de Lourdes Nonato Marques Cajahyba (sede); Cecy Souza (Alto da Jacobina) e o Colégio Fernando Badaró Neto (distrito de Coronel João Borges. Várias quadras poliesportivas foram construídas e outras reformadas na sede e no interior.

Páginas