Últimas Notícias

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Participantes do curso de empilhadeira oferecido pela Prefeitura de Alagoinhas são certificados

 

Foto: Roberto Fonseca

Com o aquecimento da economia, reflexo da vacinação em massa, que já ultrapassada 60 mil pessoas, em Alagoinhas, o mercado de trabalho do município ganhará 32 novos operadores de empilhadeira. Eles foram certificados nesta sexta-feira (23), no auditório do SENAI, fruto do curso ofertado aos moradores do conjunto habitacional Urupiara, pela Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Assistência Social (SEMAS).

Executado pela Fundação Antônio Almeida e Silva (FUNDAL), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), o curso faz parte do plano de trabalho social do Programa só Trabalho Social PTS- Urupiara. O  pré-requisito para o preenchimento das vagas foi  ser maior que 18 anos e possuir CNH B,C,D ou E.

Foto: Roberto Fonseca

“Foram realizadas 40h de aulas práticas e teóricas, onde os alunos puderam entrar em contato com várias técnicas especializadas,  o que irá contribuir para a inserção dos beneficiários do residencial no mercado de trabalho”, informou a secretária de Assistência Social, Ludmilla Fiscina.

Foto: Roberto Fonseca

Andrea Pereira relatou a importância do curso para sua vida e o empoderamento feminino, “foi muito satisfatório, um divisor de águas para a comunidade. Minha expectativa daqui para frente é que quebremos o paradigma de que só homens podem fazer determinadas coisas. Nós, mulheres, fomos agraciadas com o curso e fizemos por onde, para estarmos no patamar igual ou parecido com o do sexo masculino”. Ela ainda agradeceu  a equipe “e todos que contribuíram para que pudéssemos chegar aonde chegamos”.

Um mapeamento está sendo feito pelo Programa Qualifica Alagoinhas, com o propósito de direcionar os cursistas às empresas do município que utilizam o equipamento. Rogério Costa fez parte da turma vespertina. Segundo ele “foi bastante promissora a formação. Espero que venha servir de grande utilidade para todos nós que participamos”.

Foto: Roberto Fonseca


Páginas