Últimas Notícias

sexta-feira, 2 de julho de 2021

Em jogo de sete gols, Bahia perde para o América-MG no estádio de Pituaçu

 

Dominado dentro de campo, o Bahia perdeu para o América-MG por 4 a 3 na noite desta quarta-feira (30), em Pituaçu, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Rodriguinho e Gilberto (duas vezes), fizeram os gols do Bahia, enquanto Felipe Azevedo, Juninho Valoura, Juninho e Ribamar marcaram os gols do Coelho.

O Bahia segue com onze pontos e volta a jogar no próximo domingo (4), às 11h, contra a Chapecoense na Arena Condá.

 

O JOGO

A primeira equipe a criar uma grande chance foi o Bahia. Com 12 minutos, Matheus Bahia recebeu no lado esquerdo e ajeitou para Thaciano, que pegou mal na bola com a perna esquerda e mandou para fora.

 

Felipe Azevedo abre o placar

O América-MG abriu o marcador aos 14 minutos. Após perder a bola na defesa, o Bahia se viu envolvido no contra-ataque do Coelho. Na jogada, Juninho Valoura serviu Rodolfo, que ajeitou para Felipe Azevedo bater no canto esquerdo de Matheus Teixeira.

 

Lei do ex: Juninho amplia

Três minutos depois, após erro na defesa tricolor, Juninho Valoura passou fácil por Lucas Fonseca, invadiu a área e bateu forte de perna esquerda para superar o goleiro Matheus Teixeira. 

 

Quase pintou o terceiro do Coelho aos 30. Na jogada, Eduardo cruzou, Ribamar ajeitou de cabeça e Felipe Azevedo chutou para grande defesa de Matheus Teixeira.

 

Rodriguinho diminui

Aos 35 minutos da primeira etapa, Rodriguinho recebeu de Thaciano na entrada da área e bateu firme, sem dar chances para Matheus Cavichioli.

 

Bahia fica perto do empate

O empate quase chegou aos 39. Na jogada, Rodriguinho aproveitou sobra na entrada da área e finalizou no travessão. Na sobra, Gilberto cabeceou e o arqueiro do Coelho fez uma defesa sensacional.

 

Segundo tempo

Logo nos primeiros minutos da etapa final, o América-MG ficou muito perto de marcar o segundo gol. Rodolfo saiu de cara com o goleiro Matheus Teixeira, mas errou a cavadiha e mandou a bola muito longe da meta. 

 

Aos 16 minutos, a primeira boa chance do Esquadrão. No lance, Maycon Douglas passou por Eduardo Bauermann e finalizou forte para boa defesa do goleiro Matheus Cavichioli.

 

Ribamar faz o terceiro do Coelho

O Coelho não perdoou e marcou mais um. Juninho Valoura cobrou falta na área, Anderson cabeceou para grande defesa de Teixeira, na sobra, Bauermann chutou para mais uma rebatida do goleiro e Ribamar, com liberdade, botou a redonda para ultrapassar a linha e beijar a rede.

 

O Bahia tentava ao seu jeito. Após boa troca de passes do setor ofensivo, Matheus Bahia recebeu na entrada da área e finalizou ao lado da meta. 

 

Juninho transforma o placar em goleada

O baile do América parecia não ter fim. Quando o relógio apontava 27 minutos, Juninho Valoura carregou a bola em velocidade e serviu Juninho, que finalizou rasteiro para vencer Teixeira e fazer a festa.

 

Óscar Ruiz perde chance incrível

A equipe do Bahia teve a chance de diminuir o duro golpe, mas se viu no embaraço de uma boa oportunidade desperdiçada. Aos 34, Thonny Anderson conseguiu passar pelo defensor e ajeitou para Ruiz, que finalizou de qualquer jeito e facilitou a vida do zagueiro para tirar a bola em cima da linha. 

 

Aos 39, o América foi para cima em busca do quinto. Bruno Nazário passou para Juninho, que recebeu, driblou a defesa e finalizou rasteiro. A bola passou ao lado.

 

Gilberto marca dois gols relâmpago

Antes do apito final, o Tricolor fez o seu segundo gol. Na jogada, Nino cruzou e Gilberto cabeceou. Antes do apito final, mais um cruzamento e o artilheiro mais uma vez aproveitou para fuzilar de direita. 

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 4 América-MG
Campeonato Brasileiro - 8ª rodada
LocalPituaçu, em Salvador
Data30/06/2021 (quarta-feira)
Horário19h
ÁrbitroLéo Simão Holanda (CE)
AssistentesNailton Junior de Sousa Oliveira e Cleberson do Nascimento Leite (ambos do CE)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Cartões amarelos: Nino Paraíba, Daniel, Rossi e Rodriguinho (Bahia)

Gols: Rodriguinho, Gilberto (duas vezes) (Bahia) / Felipe Azevedo, Ribamar, Juninho e Juninho Valoura (América-MG)

 

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Matheus Bahia; Patrick, Thaciano (Maycon Douglas) e Daniel (Jonas); Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Thonny Anderson) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.


América-MG: Matheus Cavichioli; Eduardo, Anderson, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho Valoura (Alê) e Felipe Azevedo (Sabino); Marcelo Toscano (Juninho), Rodolfo (Alan Ruschel) e Ribamar. Técnico: Vagner Mancini.

Páginas