Últimas Notícias

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Médico é sepultado no Cemitério São João Batista na cidade de Araci

                                                                                    


Foi sepultado na tarde de sábado (29/5), na cidade de Araci, o médico Andrade Lopes Santana, de 32 anos. O cortejo saiu de sua residência, foi até a Câmara de Vereadores, passou pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição para última homenagem dos colegas e funcionários e seguiu para o Cemitério São João Batista. O médico estava desaparecido desde o dia 24 de maio e o corpo foi encontrado por pescadores no Rio Jacuípe, área do município  de São Gonçalo dos Campos, na sexta-feira (28/5). Horas depois a polícia prendeu no bairro Santa Mônica em Feira de Santana, um homem identificado como Geraldo Freitas Júnior, acusado pela morte. A prisão do suspeito foi realizada em sua residência por equipes da (Coorpin/Feira de Santana) e da Delegacia de Furtos e Roubos.

A perícia constatou que Andrade foi morto com um tiro na nuca. O suspeito prendeu uma âncora amarrada a uma corda no braço da vítima para evitar que o corpo emergisse nas águas do rio. Ao tomar conhecimento do desaparecimento do filho, a mãe do médico  Domitila Lopes se deslocou do Estado do Acre onde reside para acompanhar as investigações. Segundo informações, suspeito e  vitima estudaram juntos na Bolívia e decidiram trabalhar no interior da Bahia. O registro da queixa do desaparecimento foi feito na Delegacia de Feira de Santana pelo acusado do crime, que chegou a levar a irmã da vitima às  margens da BR-101, área do município de Conceição do Jacuípe  onde o carro foi encontrado. Na oportunidade  chegou a confortar a mãe de Andrade e teria apontado amigos do médico como suspeitos do crime para despistar sua participação. A morte de Andrade Lopes Santana, comoveu centenas de moradores de Araci, Tucano e  São Domingos, cidades onde o médico trabalhava.

Páginas