Últimas Notícias

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Foragido vai fazer carteira de identidade e é preso pela Polinter


 A Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) cumpriu, nesta sexta-feira (23), dois mandados de prisão. O primeiro possuía dois mandados por tráfico de drogas. Já o segundo era procurado pela Polícia Civil, desde 2013, após executar um homem no Alto do Peru, e foi preso ao ser identificado fazendo documento de identidade. 

 

Os mandados do suspeito de tráfico foram expedidos pela 1ª e 2ª Vara de Tóxicos de Salvador. Ele atuava na região de São Caetano. Já em relação ao segundo, o mandado foi decretado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, também da capital baiana. 

 

“O homicida foi fazer uma carteira de identidade no Centro de Documentação e Estatística Policial (CDEP), quando foi descoberto. Ele é acusado do assassinato de Jonatas Nunes Borges, em agosto de 2013, e desde então estava foragido da Justiça”, informou o coordenador da Polinter, delegado Arthur Gallas. 

 

Ambos foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, onde seguem à disposição da Justiça.


Fonte: Ascom / Polícia Civil

Páginas