Últimas Notícias

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Coronavírus: Itamaraty anuncia repatriação de brasileiros que estão na China

Governo diz que adotará todas as medidas necessárias para trazer de volta quem manifestar desejo de retornar ao país


Brasileiros na China fazem vídeo pedindo que governo de Jair Bolsonaro os retirem de país afetado pelo surto do coronavírus (Imagem: Reprodução/YouTube)

O Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Defesa anunciaram que o governo adotará todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus. A informação foi divulgada por meio de carta aberta divulgada neste domingo (2).
“Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil”, informaram no comunicado.
O anúncio de repatriação ocorre após repercussão de um vídeo em que um grupo de brasileiros na China apela ao governo de Jair Bolsonaro para a retirada de cidadãos do país afetado pelo surto do coronavírus.
Também neste domingo, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que a medida “terá total e irrestrito apoio” do Congresso Nacional.
“Do Parlamento, nós estamos 100% abertos para o que precisar do Congressso. Eu tenho certeza que a Câmara e o Senado vão trabalhar para agilizar, para se for preciso votar alguma lei em regime de urgência, para se o governo precisar editar uma medida provisória, terá o nosso apoio”, afirmou Alcolumbre.
Na carta-aberta, gravada em um vídeo publicado no YouTube, eles lembram as operações de evacuação já feitas por diversos países e dizem estar dispostos a passar pelo período de quarentena fora do território brasileiro.
A carta-aberta é datada de 30 de janeiro, e todos os que assinam a carta são residentes —alguns ainda estão em Wuhan, na província de Hubei, epicentro do surto, e outros já deixaram a região.
“Nós somos homens, mulheres e crianças de vários estados e regiões do Brasil. Estudantes e trabalhadores, indivíduos e famílias de brasileiros na China”, diz um dos brasileiros no vídeo.
“No momento em que essa carta está sendo escrita, não há, entre nós, quaisquer casos de contaminação comprovada ou até mesmo sintomas de infecção por coronavírus”, afirma outro.
Todos os brasileiros terminam o vídeo dizendo: “Brasil, casa de todos nós”.


Fonte: Bahia.ba

Páginas