Últimas Notícias

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

SEPULTADA EM SERRINHA ELISA AQUINO MÃE DO PADRE ALEXANDRE DE SANTALUZ

                            Sepultamento aconteceu sábado, 19



Foi sepultada no final da tarde deste sábado, 19, no cemitério paroquial de Serrinha a senhora Elisa Aquino, ex-gráfica e técnica em artes gráficas e embalagens da Tipografia e Livraria "O Serrinhense", extinta nos anos 1980, e de propriedade de Braulio Franco.

    Nascida no município  de Água Fria em junho  de 1945, portanto, faleceu aos 74 anos de idade, chegou a Serrinha aos 5 anos de idade e foi morar no chalé de meus pais Bráulio e Zilda como babá de companhia minha e de meus irmãos. Morou conosco muitos anos sendo também empregada doméstica auxiliar.

   Já adulta, meu pai levou-a para a tipografia e ensinou-lhe serviços auxiliares de alceamento, colagem de talões, encadernamento, numeração e outros. Era de uma agilidade impressionante e aprendeu tudo um pouco. Teve um filho, hoje, padre Alexandre Aquino, da paróquia da Santaluz, onde residia. 

   Seu amor, no entanto, estava em Serrinha a terra que cresceu e viveu longos anos de sua vida, depois de nossa casa, foi no bairro da Vaquejada, onde tinha sua residência. Seu corpo foi transportado  para a Igreja  da Vaquejada onde foi celebrada  missa de corpo presente com presença  de inúmeros padres da diocese, especialmente padre Alexandre, para nós, Xandy.

   Alexandre é pároco da paróquia de Santa Luzia, em Santaluz desde janeiro de 2016. A sua posse deu-se em janeiro/2016 em celebração presidida pelo bispo diocesano Dom Ottorino Assolari. Em sua homilia, o padre afirmou que aceitou a nova missão em obediência à igreja e que pretende colaborar com o crescimento do reino de Deus em Santaluz. 

   Padre Alexandre estava na paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Conceição do Coité, e passa a ocupar a vaga deixada pelo o padre Declair Cardoso, que deixa a Diocese de Serrinha, onde estava em missão e retorna para a sua Diocese de origem, em Naviraí, no estado do Mato Grosso do Sul (TF)

Fonte: Bahia já

Páginas