Últimas Notícias

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Prefeitura realiza audiência pública no Barreiro para discutir licitação do transporte coletivo

Com foco em oferecer um serviço de transporte público de qualidade a partir de discussões plurais, com participação e contribuição popular, debatidas em uma plenária democrática, a Prefeitura promoveu, na última sexta-feira (20), a 2ª audiência pública sobre o processo licitatório de transporte coletivo.

Na audiência, que contou com ampla participação de moradores do Barreiro, onde foi realizada, César Rocha, da equipe técnica da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), apresentou características do marco regulatório, respondeu a ponderações sobre regularidade, conforto, tarifa, linhas, frota, acessibilidade e requisitos básicos para o transporte coletivo.

Os moradores participaram ativamente com proposições, perguntas e manifestações a fim de contribuir para a formatação do edital de licitação. Também participaram dos debates alunos do Colégio Luís Eduardo Magalhães, professores, representantes da esfera pública e de movimentos sociais.



O intuito é que a população seja ouvida e a opinião pública seja efetivamente considerada no processo.
“A partir de momentos como esse, se consegue ouvir de maneira mais detalhada os anseios da população, os reclames, sobre um tema tão importante. É um momento histórico para a nossa cidade, porque licitar transporte público urbano não é tarefa fácil para nenhum gestor de nenhuma cidade do Brasil, e o prefeito teve coragem de tomar essa iniciativa para atender a essa reivindicação que existe há décadas. Iniciamos a discussão sobre esse tema na Câmara de Vereadores e agora estamos ampliando o debate junto aos bairros. Teremos outras audiências, já a partir da próxima semana, sempre nesse formato, nas comunidades, percorrendo os bairros de Alagoinhas, para que se possa, de fato, fazer uma coleta amadurecida e aprofundada das sugestões”, ressaltou o secretário de Governo e de Comunicação, Gustavo Carmo, que representou o prefeito Joaquim Neto na audiência do Barreiro.


Princípios como a integração com linhas distritais e rurais e a maior oferta de linhas nos bairros foram discutidos e a intenção é que o novo sistema conte com 100% de acessibilidade.
Segundo o superintendente municipal de transporte e trânsito, Alberto Menezes, o objetivo é ofertar um sistema de transporte atrativo com tarifa acessível à população, que supra os custos operacionais e não onere o orçamento familiar.
A audiência no Barreiro foi presidida pelo vereador Cleto dos Santos e a mesa contou também com a participação de Ozeas Menezes, da presidente da associação de moradores, Linda Lúcia, de Samara Braga e do advogado Silvio Pereira, representando o movimento “Licitação Já”, além de Gustavo Carmo e Alberto Menezes.
Na próxima semana, uma nova audiência pública será realizada, desta vez, junto à Associação de Moradores do Jardim Petrolar. No total, mais 3 encontros estão previstos até o final do mês. A população pode participar também registrando sugestões e realizando consultas públicas até o dia 16 de outubro por meio dos sites www.alagoinhas.ba.gov.br ou smtt.alagoinhas.ba.gov.br.
Acompanhe o cronograma de audiências públicas presenciais:

23 de setembro – 18h30 – Associação de Moradores do Jardim Petrolar (Rua São Francisco de Assis, quadra 20, Lote 01);
27 de setembro – 18h30 – Associação de Moradores de Santa Terezinha (Praça do CEU);
30 de setembro – 18h30 – Sede provisória da Associação de Moradores do Mangalô (Rua São Luís, 947).

Confira as fotos:










Páginas