Últimas Notícias

sábado, 13 de julho de 2019

Solidariedade em foco: mais de 15 instituições recebem leite e fraldas arrecadadas através de iniciativas da Prefeitura de Alagoinhas

Os festejos juninos e eventos tradicionalmente realizados no município, durante o último mês, culminaram em saldo positivo para uma iniciativa solidária. É que, depois de bater recorde de arrecadação com o Trem do Forró, de acumular itens com as inscrições para a Corrida 2 de Julho, cujos ingressos foram adquiridos mediante troca de uma lata de leite, e de somar doações com a Embaixada do time Bahia, que promoveu uma ação social em Alagoinhas, no fim de junho, a Prefeitura iniciou a entrega de donativos.

No total, foram mais de 1700 itens, entre pacotes de fraldas geriátricas e latas de leite, que começaram a chegar às instituições do município nesta sexta-feira (12), anunciando que pequenas ações podem fazer uma grande diferença na realidade de quem precisa.

“As latas que chegaram em junho [do ano passado] contribuíram para a nossa festa da Páscoa, de Natal, e também ajudaram algumas mães. O leite de doação eu posso passar para mães doentes, também para a criança que está precisando. Além dos docinhos que pudemos fazer por conta do leite. Então essa manifestação de cultura, de turismo para a cidade, que atrai visitantes, também proporciona recursos”, relatou Júlia Maria Pereira, presidente da APAE Alagoinhas, que recebeu os donativos em 2018 e receberá novamente os itens este ano.

                                                                               Foto: SECOMPor lá, as 78 latas de leite recebidas no ano passado, com o Trem do Forró, se transformaram em brigadeiro, doces com
ercializados pelas mães dos alunos, e, mais recentemente, até em surpresas dos ovos de Páscoa produzidos pela APAE Alagoinhas.




                                                           Foto: Roberto Fonseca     
Segundo a Administração Municipal, que contou com apoio da empresa VLI e da Embaixada do Bahia para a distribuição, o intuito é justamente proporcionar uma contrapartida positiva a instituições que realizam um trabalho significativo no âmbito municipal, fazendo de grandes festas, como o São João, também uma possibilidade de compartilhamento e solidariedade.


         
                                                              Foto: Roberto Fonseca
       
Desde a idealização da proposta, em 2017, a gestão municipal defende que os eventos tradicionais realizados no mês de junho tenham um fim cultural, histórico, de valorização da memória e dos festejos tradicionais e até solidário, mas não estritamente econômico.

De acordo com o prefeito Joaquim Neto, que esteve na manhã desta terça-feira (12) na Pastoral do Menor, também contemplada com as doações, “é motivo de satisfação ver que os eventos realizados no mês de junho sejam revertidos, agora, em ação solidária, chegando em forma de leite e fraldas para as crianças e pessoas que realmente precisam”.
Iraci Gama, vice-prefeita e secretária da pasta de cultura, esporte e turismo, responsável pela iniciativa, salientou que o volume de itens arrecadados este ano superou significativamente 2018, quando 945 latas de leite foram distribuídas. Segundo ela, a diferença, para as instituições que recebem o leite, é enorme. “Estamos recolhendo e entregando os frutos do mês de junho”, ressaltou.



                                                              Foto: Roberto Fonseca        
No total, cerca de 15 instituições, entre lares de idosos, abrigos e organizações serão beneficiados com os itens arrecadados. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, o intuito é avançar na sensibilização da comunidade, chamando a atenção para as ações que podem ser revertidas em contribuições para entidades do município.

    


Páginas