Últimas Notícias

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Petrobras anuncia aumento e gás de cozinha deve ficar até 1,4% mais caro


O preço do botijão de gás de cozinha com 13 quilos deverá ficar até 1,4% mais caro a partir de hoje no Estado. A informação é do Sindicato Nacional das Indústrias Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) que informou hoje que a Petrobras anunciou o aumento do GLP Residencial (gás de cozinha) entre 0,5% a 1,4%, dependendo do polo de suprimento. O aumento vai vigorar a partir de amanhã nas refinarias da estatal.
No Estado o preço médio do botijão residencial varia de R$ 58,86 encontrado em Três Lagoas, a R$ 91,67 de Coxim. Em Campo Grande o valor médio é de R$ 66,50, sendo R$ 55 o preço mínimo a R$ 80 o máximo. 
O último aumento anunciado para ao produto, que tem ajustes trimestrais, havia ocorrido em 6 de novembro de 2018. O novo preço médio do produto, segundo a Petrobras, será de R$ 25,33 o botijão de 13 quilos, contra R$ 25,07 após o ajuste de novembro
Pelos cálculos do Sindigás, o valor do GLP empresarial está 13,4% acima do GLP Residencial.

Páginas