Últimas Notícias

sábado, 22 de dezembro de 2018

História contada através da música, da palavra e da fotografia: confira a programação de encerramento da Exposição Comemorativa dos 40 anos do Movimento Cultural de Alagoinhas


A Exposição Comemorativa dos 40 anos do Movimento Cultural de Alagoinhas, iniciada no último dia 17 de dezembro, que homenageia os artistas da terra e demarca também as 3 décadas de existência da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), encerra hoje as programações musicais na praça pública Conselheiro Rui Barbosa.
Para finalizar a semana de apresentações comemorativas, sobem ao palco a banda Organoclorados, que relembra singles lançados na década de 90 e nos anos 2000, e Valneijós, que traz, para o público alagoinhense, um pouco do ritmo, da cadência e das influências da banda que está há mais de 30 anos na estrada do axé e promete transportar a vibração do trio para o centro da cidade.
Mas o som e o clima de festividade começam ainda antes, a partir das 19h30, quando a Banda Marcial Tradicional convoca a população para a fanfarra. O grupo se apresenta logo após os corais da cidade, que chegam às 18h30 à fonte luminosa para fechar a grade dos festejos natalinos.
A mostra, com fotografias, recortes e arquivos do Centro de Documento e Memória de Alagoinhas – também montada na praça –, permanece aberta à visitação na noite desta sexta-feira (21), e chama a atenção, segundo a SECET, para a importância dos resquícios históricos e da memória na formação da identidade e na preservação da cultura local.
Só esta semana, em decorrência da Exposição Comemorativa, se apresentaram no palco Luiz Claudio, com a participação de músicos das bandas “Coquetel de Frutas”, “Milionário”, “Relíquia” e “Magnífico”, além de nomes como Poetas do Povo e o maestro Alcides Lisboa.
Juntos, o repertório musical, os artistas plásticos e os documentos expostos criam uma linha do tempo capaz de transportar, para outros espaços e outras épocas, o visitante curioso. Pra quem chega, a história é contada através da música, da palavra e da fotografia, em uma simbiose que tem a cultura como elemento norteador.
“Neste espaço, você tem uma história viva à disposição de quem não conheceu e quem participou tem a oportunidade de rememorar. São, sem dúvida, grandes encontros”, pontuou professora Iraci Gama, secretária de Cultura e vice-prefeita do município.
Segundo ela, na noite de encerramento da programação, serão homenageados Wal, da banda Valneijós, e Benigno Santos, do grupo “Os Turunas”. A solenidade será realizada após a apresentação dos corais da cidade.
O evento é uma realização da Prefeitura, através da SECET, com apoio do Fundo Municipal de Cultura e do Conselho de Cultura.


21/12 (sexta-feira):
– 18h30: Apresentação dos Corais da Cidade
– 19h30: Banda Marcial Tradicional
– 21h: Organoclorados
– 22h: Valneijós

Páginas