Últimas Notícias

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Lenda do soul, Aretha Franklin morre aos 76 anos, após luta contra câncer

Aretha Franklin, rainha do soul music, morreu nesta quinta-feira, 16 de agosto de 2018, em Detroit, nos Estados Unidos

Mais uma grande perda para o mundo da música! Aretha Franklin, rainha do soul music, morreu nesta quinta-feira (16), em Detroit, nos Estados Unidos. A cantora lutava contra um câncer no pâncreas, o mesmo que vitimizou o jornalista Marcelo Rezende, desde 2010. A família confirmou o falecimento da artista através de um comunicado oficial: "Em um dos momentos mais tristes de nossas vidas, não temos palavras apropriadas para expressar a dor em nossos corações. Perdemos nossa matriarca, a rocha da nossa família. O amor que ela tinha por seus filhos, netos, sobrinhos, sobrinhas e primos não tinha limite".

BEYONCÉ FEZ HOMENAGEM PARA A CANTORA EM SHOW
No início da semana, a imprensa norte-americana noticiou que Franklin estava "gravemente doente" e a família pedia "orações e privacidade" para lidar com o momento difícil. Com a repercussão da notícia, Beyoncé e o marido, Jay-Z, dedicaram o show da turnê "On The Run: II", na segunda-feira (13) em Detroit, à rainha do soul. "Nós amamos você, e lhe agradecemos por toda a linda música que você nos deu", disse a cantora.

ARTISTA FOI A 1ª MULHER A ENTRAR NO HALL DA FAMA DO ROCK
Dona dos sucessos "Respect", "I say a little prayer", "A natural woman", dentre outras, Aretha foi vencedora de 18 estatuetas do Grammy. Nascida em Memphis, no Tennessee, em 1943, a cantora foi a primeira mulher a integrar o Hall da Fama do Rock, em 1987. O reconhecimento é dado para artista, produtores e pessoas que marcaram a indústria do rock e do pop. A última aparição de Franklin foi em agosto de 2017, na Filadélfia.

2018 TROUXE A MORTE DE ANTHONY BOURDAIN E KATE SPADE
O cozinheiro Anthony Bourdain e a estilista Kate Spade foram encontrados mortos em junho. O chef do programa "Parts Unknown" foi encontrado sem vida pelo amigo e chef francês Eric Ripert, em Estrasburgo, no leste da França, no dia 8. "Seu amor por grandes aventuras, novos amigos, boa comida e bebida e histórias incríveis pelo mundo fez dele um contador de histórias único. Seus talentos nunca deixaram de nos surpreender e vamos sentir muito a sua falta", lamentou a CNN. Já a norte-americana morreu no dia 5 do mesmo mês. A polícia informou que a estilista deixou um bilhete endereçado para a filha de 13 anos em sua residência em Nova York, nos Estados Unidos.

Páginas